terça-feira, 21 de junho de 2016

A bíblia viva em nós


E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões.
E também sobre os servos e sobre as servas naqueles dias derramarei o meu Espírito.
E mostrarei prodígios no céu, e na terra, sangue e fogo, e colunas de fumaça.
O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor.
E há de ser que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo; porque no monte Sião e em Jerusalém haverá livramento, assim como disse o Senhor, e entre os sobreviventes, aqueles que o Senhor chamar. (
Joel 2:28-32)
Tenho, nesse  últimos anos, descoberto uma nova forma de ler a palavra. Quando  lemos a bíblia precisamos compreender que ela apresenta fatos e não fábulas, que é a palavra de Deus, porém mostra Deus revelado e atuante na  história e na de seu povo. A questão relevante que trará diferença em nossa leitura é: “ as manifestações históricas da bíblia podem tornar-se a repetir?” . O que tenho presenciado nesses anos, é que tudo o que está na Bíblia é real e pode acontecer, porque o Deus da bíblia ainda é o mesmo, e ele não nos revelou simplesmente o que ele fez, afim vermos como algo passado, mas o que ele fez para podermos acessar suas manifestações no presente, e saber quem Ele é, e como ele é, e como ele age, pois  Deus procura relacionar-se amorosamente com sua criação. As vezes infantilmente, poderíamos pensar que bastava Deus manifestar-se como antigamente para crermos, mas a questão é que ele escolheu manifestar-se conforme o que ele mostrou nos seus  escritos e nos seus atos bíblicos. Por que? Porque ele quer que nós o procuremos em sua palavra, para que ao encontrarmos, as manifestações dEle se concretizem na vida daqueles que o procuraram, Eu amo aos que me amam, e os que diligentemente me buscam me acharão”. ( Pv 8,17)   Quando o procuramos em sua palavra, percebemos um Deus que cura o enfermos, um Deus que revela uma nuvem de glória pra manifestar a presença dEle ao seu povo, um Deus que faz tremer o monte pra falar com Israel, um Deus que faz o céu fechar, para que não haja chuva e depois abre o céu e ordena a chuva para mostrar que ele é Deus, é verdade que muitos destes sinais aconteceram por motivos específicos, a fim de manifestá-lo e dar livramentos ao povo de Israel, mas isso não anula o fato de que ele pode mostrar sinais mais intenso em nossas vidas hoje. Cremos que pela palavra de Deus, ele continua curando, pois manifestou sua vontade de curar no filho Jesus, cremos que ele continua agindo poderosamente sobre a face de toda a terra. Porém, ele nos chama a relacionamentos e manifestações que são para íntimos e próximos dele, são sinais da sua glória e da sua presença, são manifestações de seu amor, quando o percebemos diariamente e até podemos ouvir e sentir corporalmente a manifestação da sua glória. Ele não escolheu habitar em templos feitos por mão humanas, mas em templos feitos por suas mãos (at 7.48 e 49; At 2.1-4),mas dentro de seus filhos, os quais receberam sua pessoa o Espírito Santo. Através do sacrifício de Jesus, somos perdoados de nossos pecados, o que nos habilita em sermos seus templos e receber o derramamento do Espírito Santo de Deus, bem como suas manifestações em nós.
O que lemos e ouvimos na palavra pode ser vivido numa dimensão de intimidade dentro de nós, creio que não precisamos esperar o mar se abrir, mas  podemos abrir cadeias com nosso louvor e com nossas orações ( Atos 16.24 a 26). Ou receber  sinais e maravilhas não especificados na bíblia, mas bem reais, como as que Estevão experimentou e operou (At 6.8) , ou ainda sermos agentes de cura, onde a presença e o poder de Deus se manifeste em nossas próprias sombras ou lenços ( At 19.11 a 12) e termos uma alegria que supera qualquer perseguição ou prisão como o apóstolo Paulo. São vários os milagres em Atos, são vários dons dados a igreja, a Bíblia nunca disse que isso cessou, mas afirma que Jesus Cristo é o mesmo ( Hb 13.8) e ele habita no seu corpo que é a igreja. Cristo manifestou nele quem é o Espírito Santo, sendo assim, sabemos quem é o Espírito que habita em nós olhando para Cristo. Viva intensamente o Espírito Santo, não leia a bíblia como algo do passado, mas ela está viva pelo Espírito Santo em você. 
        “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;
O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.
Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós.”

João 14:16-18


quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Em sua presença!


Apesar de todas as suas ocupações o profeta Daniel tomou a decisão de estar na presença de Deus pelo menos três vezes ao dia. ( Dn 6.10) O pastor Bill Hybels, da Willow Creek Community Church, declarou: "Há vinte anos comecei a separar um tempo para orar e minha vida de oração tem sido trasformada. Minha maior satisfação não é uma lista de respostas as minhas orações, embora tenham sido respostas maravilhosas. A maior emoção tem sido a diferença qualitativa em meu relacionamento com Deus". Queridos a nossa maior ocupação é Jesus e não a obra de Jesus, embora ela seja omportante. O que mais pesa na balança para você? O que mais pesa em sua vida??


Extraído de "Devocional Ano do Jubileu " Joel Engel e Edino Melo.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Pastor Welinton: O dinheiro no ministério de Jesus

Pastor Welinton: O dinheiro no ministério de Jesus:                 O dinheiro é uma bênção para a vida de todos aqueles que sabem o usar, ele pertence a Deus e é administrado pelos homens; o ...

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Coração HEBRAICO

Espaço Reservado: Coração em hebraico: Se tem uma coisa que eu tenho prazer em fazer é estudar a bíblia e mergulhar fundo nas questões abordadas por ela. E nesse contexto eu sempr...

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Quando anjos entram em ação! Um anjo padeiro?




1 Rs 19.1- 8

Deitou-se e dormiu debaixo do zimbro; eis que um anjo o tocou e lhe disse: Levanta-te e come.6 Olhou ele e viu, junto à cabeceira, um pão cozido sobre pedras em brasa e uma botija de água. Comeu, bebeu e tornou a dormir.
7 Voltou segunda vez o anjo do SENHOR, tocou-o e lhe disse: Levanta-te e come, porque o caminho te será sobremodo longo.
8 Levantou-se, pois, comeu e bebeu; e, com a força daquela comida, caminhou quarenta dias e quarenta noites até Horebe, o monte de Deus. ( 1 Rs 19.5-8)

Temos a plena convicção que Deus trabalha por aqueles que nele esperam, a bíblia toda está cheia de exemplos das manifestações do cuidado de Deus para com seus filhos.
Na carta aos Hebreus, cap 1.versos 13 a 14, temos uma revelação da excelência e superioridade de Jesus acima dos anjos, e o verso 14 nos esclarece quem são os anjos de Deus. Nos diz  o seguinte: Ora, a qual dos anjos jamais disse: Assenta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos por estrado dos teus pés? 14 Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação?” o texto revela a superioridade de Jesus, porém também revela quem são e o que fazem os anjos de Deus: “Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação?” , primeiramente os anjos são seres espirituais, em segundo lugar são ministros, o que quer dizer servos, e por ultimo eles trabalha em favor dos que hão de herdar a salvação.  Sendo assim, temos ao nosso dispor os anjos de Deus, que são ordenados, ou alinhados por Deus para trabalharem a nosso favor. Essa forma de atuação está muito clara no Salmo 91, essencialmente versos 10 ao 12:” Nenhum mal te sucederá, praga nenhuma chegará à tua tenda.11 Porque aos seus anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos.12 Eles te sustentarão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra.”
          Mas quando é que vemos os anjos entrando em ação?
         A resposta é que quando nossas forças acabam, Deus envia anjos para exercerem o seu favor para conosco. O profeta Elias teve uma grande luta com os falsos profetas de Baal , conforme 1 Rs 18, e esgotado, diante da ameaça  de morte vinda da rainha Jezabel, uma mulher que incorporava em si o espírito da falsa profecia, serva de Baal, Elias foge e esgotado dorme. Porém, quando suas forças acabaram e dormindo um anjo lhe trouxe um pão e água, ele voltou a dormir, mas o anjo o acordou e mandou comer e beber, e a força daquela comida fez Elias caminhar mais quarenta dias e quarenta noites até o monte de Deus.  Será que esse anjo era padeiro?
         Na verdade, entendemos que muitas vezes nossas forças físicas, recursos financeiros, emoções, provisões de alimento se esgotam e é nessas horas que Deus ordena seus anjos para nos ajudarem. Os anjos não se manifestam na maioria das vezes de forma física, eles não querem ser vistos nem venerados, mas eles querem manifestar o cuidado de Deus em nos guardar dos perigos e do mal, em trabalhar por  nós e de emanar suas forças, recursos e cuidados para os seus filhos. Então “não deixem de receber bem aqueles que vêm à casa de vocês; pois alguns que foram hospitaleiros receberam anjos, sem saber”(Hb13.2).
         Há muito mais que falar sobre o ministério dos anjos, quanto a proteção, cura, serviços no culto e  suas manifestações. Mas , hoje é importante saber que Deus manifesta seu cuidado, quando suas forças e recursos se esgotam. Então se algo esgotou na sua vida, saúde, finanças, recursos, forças e emoções, saiba Deus enviará, e já enviou um anjo pra lhe ajudar, e a ajuda de Deus é melhor que todo o recurso que conseguiríamos por nós mesmos.
Oração: “ Amado Pai, envia um anjo para ajudar esse querido que recebe essa mensagem hoje, sim Tu que és “ aquele que dá a semente ao que semeia, também... dê pão para comer, e multiplique a  sementeira, e aumente os frutos da  justiça; em nome de Jesus” Amém.

Deus te abençoe!

Pr Welinton Mehret