terça-feira, 8 de maio de 2018

Com Deus tudo vai bem




“12   Presta-nos auxílio na angústia, pois vão é o socorro do homem. 13   Em Deus faremos proezas, porque ele mesmo calca aos pés os nossos adversários. “
Sl 108.12 e13

Introdução

      Alguns anos atrás, dois diferentes irmãos em diferentes momentos me falaram o seguinte: “ Quando alguém te perguntar:”Tudo bem?”, mesmo que a situação esteja difícil, responda: “Vai tudo bem”.”  Realmente se andamos com Deus, essa é uma grande verdade, pois a vitória do Senhor é certa.
O Salmo 108 é composto de um trecho do Salmo 57 e um trecho do Salmo 60. Na sua parte final ele contém mensagens de fé, esperança e vitória. É um Salmo escrito pelo rei Davi.Ele começa falando de um coração que está preparado, está firme – v 1 Firme está o meu coração, ó Deus! Cantarei e entoarei louvores de toda a minha alma " – e termina falando de vitória. Escolhemos para nossa reflexão o v 13 que aparece também no Salmo 60.12 nos oferece três ideias que podem nos dirigir em nossas vidas, cremos ser uma palavra do coração de Deus para nossas vidas.
Que idéias  vemos nesse versículo que nos mostram que com Deus tudo vai bem?

1ª idéia:  Intimidade com Deus – “Em Deus”
      Essas palavras em Deus nos dão a ideia de estarmos envolvidos por Deus, em um nível de relacionamento profundo e real com Deus.
Por que é necessário termos intimidade com Deus?
      Intimidade com Deus é necessário  para conhecer os seus caminhos, os seus planos, os seus propósitos, a sua vontade, o que ele quer  - Salmo 25.12: “Ao homem que teme ao SENHOR, ele o instruirá no caminho que deve escolher”

O que é preciso para termos intimidade com Deus?

      Intimidade com Deus requer estar em harmonia com Deus, em sintonia com Deus, no mesmo tom . - Amós 3.3.” .3  “ Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo?”
         Intimidade com Deus exige de nós santidade – Deus é santo e aqueles que andam com Deus andam em santidade -  Gênesis 17.1.Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o SENHOR e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito.” 
         Intimidade com Deus envolve companheirismo, amizade – Enoque andou com Deus (Gênesis 5.21-24). “Enoque viveu sessenta e cinco anos e gerou a Metusalém. 22   Andou Enoque com Deus; e, depois que gerou a Metusalém, viveu trezentos anos; e teve filhos e filhas. 23   Todos os dias de Enoque foram trezentos e sessenta e cinco anos. 24   Andou Enoque com Deus e já não era, porque Deus o tomou para si.”

      O Senhor nos ajude a fim de que cultivemos esta intimidade com ele. Ele nos tomará pela mão, ele é o Divino Companheiro da jornada. Sua presença nos dará descanso. Nossa jornada será feliz, bem-sucedida, abençoada, estamos “em Deus”.


 2ª Idéia . Grandes realizações em Deus – “Faremos proezas”
Todos nós temos como objetivo para  nossas vidas grandes projetos, grandes realizações, grandes feitos. Temos sonhos lindos!
O Salmo 108.13 diz que “Faremos proezas”. A palavra “proeza” pode ser “façanha”. A Bíblia Viva diz: “Faremos coisas incríveis”. A Bíblia N.V.I. diz: “Conquistaremos a vitória”.
Quais são as coisas incríveis, qual a vitória, quais são as façanhas que você espera alcançar ou realizar em sua vida ?
William Caray- 1º missionário  conhecido na India tinha o seguinte lema: “Peça grandes coisas a Deus, espere grandes coisas de Deus, faça grandes coisas para Deus”. Deus nos desafia a pedir a ele grandes coisas (Jeremias 33.3). Como pessoa, como igreja devemos almejar fazer grandes coisas no futuro. Observemos o ensino de Isaías 32.8 – “Mas o nobre projeta coisas nobres e na sua nobreza perseverará”.
Esta palavra é forte: “Faremos proezas”. Nada de medo, timidez, pessimismo. Levantemo-nos e façamos proezas em nome de Jesus.
Cl 3 17 “  E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.”

 3ª idéia. Vitórias  em Deus – “, porque ele mesmo calca aos pés os nossos adversários.
Os nossos adversários são Satanás e seus Demônios.
Os inimigos sempre nos atacam. Eles são sutis, são insistentes, jogam duro e pesado, atacam sem parar. Nosso adversário vem para matar, roubar e destruir, eles querem nos derrotar.
Eles vêm de formas diferentes: o inimigo do orgulho, da confiança própria, do desânimo, dos prazeres da carne, da ansiedade, do ativismo, falta de tempo, vicio, das opressões, medos,  apego a Mamom, conformismo com o mundo, frieza espiritual.
        Não somos nós que vamos lutar com o inimigo, o texto bíblico é claro: “Ele mesmo,( Deus), calca aos pés os nossos inimigos”. É ele, não nós. Em nós não há força, é o nosso general que põe o inimigo debaixo dos nossos pés (Deuteronômio 3.22). “Não os temais, porque o Senhor, vosso Deus, é o que peleja por vós”.
1 Samuel 7.10: “Enquanto Samuel oferecia o holocausto, os filisteus chegaram à peleja contra Israel; mas trovejou o Senhor aquele dia com grande estampido sobre os filisteus e os aterrou de tal modo, que foram derrotados diante dos filhos de Israel”.
Jeremias 1.19: “Pelejarão contra ti, mas não prevalecerão; porque eu sou contigo, diz o Senhor, para te livrar”.
Romanos 16.20: “E o Deus da paz, em breve, esmagará debaixo dos vossos pés a satanás. A graça de nosso Senhor Jesus seja convosco”.
Nesta certeza podemos declarar as palavras de Davi no Salmo 18.37-39: “Persegui os meus inimigos, e os alcancei, e só voltei depois de haver dado cabo deles. Esmaguei-os a tal ponto, que não puderam levantar-se; caíram sob meus pés. Pois de força me cingiste para o combate e me submeteste os que se levantaram contra mim”.
       Graças a Deus, somos mais do que vencedores, quanto ao inimigo só nos resta resisti-lo sabendo que o Senhor dos Exércitos há de subjugá-lo debaixo dos nossos pés. “Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio do nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Coríntios 15.57).

Baseado em 
 Messias Anacleto Rosa
31.12.05


Modo de Vida Cristã




12   Agora, vos rogamos, irmãos, que acateis com apreço os que trabalham entre vós e os que vos presidem no Senhor e vos admoestam; 13   e que os tenhais com amor em máxima consideração, por causa do trabalho que realizam. Vivei em paz uns com os outros. 14   Exortamo-vos, também, irmãos, a que admoesteis os insubmissos, consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos. 15   Evitai que alguém retribua a outrem mal por mal; pelo contrário, segui sempre o bem entre vós e para com todos. 16   Regozijai-vos sempre.
17   Orai sem cessar. 18   Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.
19   Não apagueis o Espírito.
20   Não desprezeis as profecias;
21   julgai todas as coisas, retende o que é bom;
22   abstende-vos de toda forma de mal.
23   O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
24   Fiel é o que vos chama, o qual também o fará.
25   Irmãos, orai por nós.      26   Saudai todos os irmãos com ósculo santo. 27   Conjuro-vos, pelo Senhor, que esta epístola seja lida a todos os irmãos. 28   A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. (1 Tessalonicenses 5.12-28)
        
         As pessoas optam por estilos de vida, modos de viver mais variados possíveis. Há pessoas que tem um modo de vida corrido, agitado, em cidades grandes, com muitas coisas para fazer, onde não se tem tempo nem para a família , outros adotam um modo mais calmo, mais familiar,  raro nesses dias, onde se pode desfrutar ainda da presença dos familiares a sua volta. Outros têm um estilo de viver, onde busca-se apenas o interesse pessoal , não importando-se com o bem estar da família, os valores familiares, enfim o que interessa para muitas pessoas é o seu prazer e o seu bem estar.
         Porém como deve ser o modo de vida de um cristão? Como deve se comportar, agir, pensar se relacionar?
         Viver nesse mundo é um desafio, e conservar nossa integridade até nos encontrarmos com o Senhor, sendo fiéis até a morte é o desafio que todo cristão tem pela frente.
         Paulo termina a carta aos tessalonicenses de forma concisa, clara e objetiva, trazendo-nos importantes mensagens, que nos orientam a respeito da maneira como devemos viver nessa terra, com integridade esperando a vinda do Senhor Jesus: v. 23: ” O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. “ Nesses versículos Paulo está falando sobre o estilo de vida do cristão.


Qual é o modo de vida do cristão?
1- Viver amando uns aos outros (v.14 e15)

"Exortamo-vos, também, irmãos, a que admoesteis os insubmissos, consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos. 15   Evitai que alguém retribua a outrem mal por mal; pelo contrário, segui sempre o bem entre vós e para com todos."
1 Jo 4.v7:   Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.”
         O mandamento bíblico é esse, “amemo-nos uns aos outros”. E Paulo deixa claro como esse amor é expresso ao escrever para os Tessalonicenses; que atitudes, no nosso modo de vida irão revelar que vivemos amando uns aos outros?
Vejamos as seguintes atitudes:
    14   Exortamo-vos, também, irmãos, a que :
  admoesteis os insubmissos, - corrigir quem está sendo insubmisso é revelar amor, para que essa pessoa retorne ao caminho da bênção de Deus, vamos começar em casa, corrigindo nossos filhos para andarem no caminho de Deus.
 consoleis os desanimados, - usarmos de palavras de alegria, incentivo, bom ânimo.
 ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos. – paciência com a imaturidade e os erros do irmão.
  Evitai que alguém retribua a outrem mal por mal; pelo contrário, ( o mal sendo retribuído com o bem – sempre pague o mal com o bem). segui sempre o bem entre vós e para com todos.
         As vezes esperamos que outros comecem a agir dessa forma, mas na verdade isso deve começar em nós mesmos, devemos ser os primeiros a tomar essas atitudes.
         No modo de vida do cristão, deve-se viver amando uns aos outros.
Qual é o modo de vida do cristão?
2)Viver constantes no Senhor (16-18)
16   Regozijai-vos sempre.
17   Orai sem cessar. 18   Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. “Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus.”NVI

As palavras: “sempre”, “sem cessar” e “ em tudo” ou “em todas as circunstâncias” – nos trazem a idéia de uma constante vida de comunhão com o Senhor. Onde não deve haver altos e baixos, onde não pode existir fervor, seguido de frieza,  mas sim fervor espiritual em todos os momentos. Regozijo ( alegria), oração e ações de graças constantes. Independente do momento, ou das circunstâncias, essa deve ser a nossa atitude.
         O Cristão não pode ser um crente devoto, fervoroso hoje, e amanhã ser uma pessoa que não mantém a mesma atitude. Não deve haver variação no modo de vida do cristão. Se houver alguma variação, só pode ser pra melhor, pra uma vida de mais intimidade com o Senhor Jesus.
         Às vezes, nós nos deparamos com fases de desânimo, de frieza , de falta de fé, fases de falta de oração , mas nossa vida não deve ser baseada em fases. Mas sim em perseverança e constância.
3)Viver sensíveis ao Espírito Santo (19-22)
19   Não apagueis o Espírito.20   Não desprezeis as profecias;21   julgai todas as coisas, retende o que é bom;22   abstende-vos de toda forma de mal.
  
         Paulo passa a falar agora sobre a obra do Espírito Santo no modo de vida cristã.
         O espírito Santo não deve ser apagado em nossas vidas, não devemos desprezar o que o Espírito Santo diz, através de seus profetas , devemos pela ação do espírito julgar os acontecimentos e ensinos acolhendo o que é bom, e nos afastando de toda a forma de mal. Isso é a obra do Espírito Santo
         Jo 16.7-11
Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei. 8   Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: 9   do pecado, porque não crêem em mim;10   da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais; 11   do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado.

         O Espírito Santo, convence-nos do pecado, ele é o testemunho de dentro de nós. E não podemos desprezar sua orientação. Quando ele nos faz perceber que estamos andando em caminhos errados, precisamos obedecer a voz suave e mansa do Espírito Santo que fala aos nossos corações.
         Essa percepção se dá no sentimento, no coração - se algo nos acusa, algo nos incomoda, ou simplesmente não nos sentimos tranquilos – é o sinal de ALERTA do Espírito Santo, que está nos chamando atenção.
         Durante o dia, ouvimos muitas vozes, muitas orientações, muitas opiniões. Mas, devemos estar com os ouvidos  atentos a orientação do Espírito Santo. O que ele tem falado pra você. Tenha atenção e obedeça.


4) Viver esperando a volta de Jesus (23,24)
23   O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
24   Fiel é o que vos chama, o qual também o fará.

         Paulo , pede a Deus que santifique e conserve a igreja até  o grande acontecimento da história que é a vinda do Senhor Jesus. Paulo não tirava os olhos da vinda de Jesus.
O cristão deve viver esperando o retorno do Senhor Jesus, sempre na expectativa de que ele voltará em breve.
 Os sinais dos tempos que vivemos, indicam o retorno de Cristo para buscar sua igreja e  o começo da grande tribulação, as guerras em Israel são um desses sinais. Mas, muitas vezes, vivemos despreocupadamente, e não nos envolvemos mais firmemente com DEUS, pois achamos que o arrebatamento da igreja está muito longe.
         Como manifestamos esta espera pelo  Senhor Jesus? Paulo traz três palavras no texto: santidade ,integridade irrepreensibilidade. Ou seja, devemos nos apresentar diante de Deus, como obreiros que não tem do que se envergonhar. Quando o Senhor Jesus voltar, nossa conduta deve ser aprovada por ele.
Conclusão
         Como deve ser o modo de vida de um cristão? Como deve se comportar, agir, pensar se relacionar?
         Paulo termina a carta aos tessalonicenses de forma concisa, clara e objetiva, trazendo-nos importantes mensagens, que nos orientam a respeito da maneira como devemos viver nessa terra, com integridade esperando a vinda do Senhor Jesus.
Modo de Vida Cristã
Qual é o modo de vida do cristão?
1)     Viver amando uns aos outros (v.14 e15)
2)    Viver constantes no Senhor (16-18)
3)    Viver sensíveis ao Espírito Santo (19-22)
4)    Viver esperando a volta de Jesus (23,24)
Santidade, integridade e sendo irrepreensíveis!
Amém

sexta-feira, 17 de março de 2017

quinta-feira, 2 de março de 2017

Livros: Trazendo a Arca da Aliança

Livros: Trazendo a Arca da Aliança: http://www.xinxii.com/pt/trazendo-arca-da-alianca-p-374790.html Acesse o livro no link acima ↑↑↑↑↑    A prática da prese...

sábado, 21 de janeiro de 2017

Pastor Welinton: Freedom

Pastor Welinton: Freedom: Liberdade “Portanto, agora não há nenhuma condenação para os que estão em Cristo Jesus” . (Rm 8.1). O sistema religioso de nosso tempo,...

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Pastor Welinton: Visão pela fé

Pastor Welinton: Visão pela fé:  “1   Pôr-me-ei na minha torre de vigia, colocar-me-ei sobre a fortaleza e vigiarei para ver o que Deus me dirá e que resposta eu terei ...